Novidades
Importância em comer de 3 em 3 horas !

Com a correria do dia a dia, trabalho, treinamento... A alimentação é o que fica mais prejudicado. E a maioria dessas pessoas só comem quando estão com fome ou quando lembram de comer. E não deveria ser assim! Para quem reclama da falta de tempo, vale a dica: tenha sempre em mãos barrinhas de cereais, frutas secas e frescas, castanhas, sucos, queijos em embalagens individuais, bolachas e torradas integrais.

Também não basta apenas comer de 3 em 3 horas, temos que saber escolher os alimentos certos e a quantidade, caso contrário, fará ingestão de grandes quantidades calóricas e consequentemente o corpo armazenará gordura corporal e assim diminuindo o rendimento físico.

O ideal é fazer pelo menos 6 refeições diárias equilibradas e balanceadas. Com a alimentação em períodos curtos, conseguimos diminuir apetite, fazemos escolhas mais saudáveis e uma sensação maior de saciedade.

O organismo humano trabalha sempre como um mecanismo de defesa para preservar sua saúde e quando nossa alimentação é basicamente 2 ou 3 refeições diárias, ele observa a privação alimentar e armazena energia (sendo nesse caso, como gordura) para uma possível necessidade.

O jejum prolongado aumenta a produção de insulina no organismo, provocando uma hipoglicemia (falta de açúcar no sangue). Por isso, é normal que se sinta fraqueza, tontura e mal-estar. Desconfortos como gastrite, azia, queimação no estômago, desânimo, mau humor e mau hálito podem também, ser conseqüências de períodos longos de jejum. As pessoas que fazem refeições com intervalos maiores não conseguem obter todos os nutrientes nas quantidades adequadas ao funcionamento padrão do intestino. Assim, com o mal funcionamento intestinal, o organismo não absorve todas as vitaminas e minerais necessárias para o organismo, imaginando que a pessoa não está se alimentando direito e também estoca gordura, como mecanismo de defesa. É importante dizer que o tempo de permanência das fezes no intestino está diretamente relacionado com algumas doenças, ou seja, quanto maior o tempo e a retenção do trânsito fecal, maior o índice de aparecimento de distúrbios intestinais.

A refeição mais importante do dia é o café da manhã, que por ser a primeira refeição diária vai nos ajudar a suprir as necessidades e calorias gastas durante o sono. E esta refeição deve conter carboidrato (pão, biscoitos integrais ou cereais), uma proteína magra (leite ou iogurte desnatado ou queijo branco) e frutas. O café da manhã vai te dar mais disposição para encarar suas tarefas diárias, melhorar a concentração, dar mais energia, melhora seu rendimento no trabalho e disposição para a prática da capoeira.

Muitas pessoas possuem o hábito de não tomar o café da manhã, e a primeira refeição do dia acaba sendo o almoço, comendo muito mais do que o organismo consegue absorver naquele momento. Normalmente essa pessoa sente muita fome no jantar fazendo com que o organismo passe a noite inteira ocupado em digerir o excesso noturno, não sobrando energia para que os processos de revitalização aconteçam, e, desta forma, a pessoa acorda cansada e sem fome no outro dia.

 

GANHO DE MASSA MUSCULAR:

 

Quando o objetivo é ganho de massa muscular, a primeira indicação é a DISCIPLINA com a alimentação, pois fazer refeições com grande espaço de tempo, o organismo utiliza os músculos como fonte de energia.

Quando isso passa a ocorrer com mais freqüência, o corpo se acostuma a captar a energia das próprias reservas musculares, pois o organismo já aprendeu de onde deve captar essa energia. A alimentação fracionada evita ainda que o organismo armazene energia para suportar longos intervalos de jejum. Ao pular refeições ou ingerir menos calorias do que o necessário, o corpo entende que deve fazer uma reserva energética (gordura), e quando precisa usar, retira dos músculos. Dessa forma dentro de um mesmo dia a pessoa consegue perder massa muscular e acumular gordura.

Geralmente as pessoas não se dão conta deste processo, pois fazem seu controle apenas pelo peso corporal, que muitas vezes não é alterado, por que praticantes de atividade física devem observar não é a balança e sim o percentual de gordura corporal.

 

PERDER GORDURA CORPORAL:

 

Para quem quer emagrecer, pode parecer um tanto quanto absurda a idéia de que comer mais vezes ao dia ajuda a perder peso. No entanto, diminuir o intervalo entre as refeições acelera o metabolismo, evitando que o organismo acumule gordura.

Ficar com fome torna o organismo estável, com metabolismo mais baixo para gastar menos energia. É o caso das pessoas que reclamam que comem pouco e não conseguem emagrecer.

E porque fracionar as refeições emagrece? Quando nos alimentamos com freqüência nosso organismo não sente necessidade de fazer reservas de energia, estas reservas são aquelas gordurinhas indesejadas, ele simplesmente usa o que precisa e o restante é eliminado ou utilizado como fonte de energia pelo corpo. Quando passamos muito tempo sem comer, o cérebro entende que há uma ameaça de privação alimentar e envia mensagem para que parte do que for consumido seja “guardado” por precaução, e é quando você começa a ganhar peso mesmo comendo poucas vezes ao dia.

Imaginar uma dieta que o obriga a comer de 3 em 3 horas sem proibir nenhum alimento pode até parecer mentira, mas não é. Aliás, é aí que está a vantagem: você não passa fome nem se priva do que mais gosta.

 

O EQULÍBRIO é fundamental para tudo e com a alimentação não é diferente. O importante é controlar o consumo excessivo de carboidratos (pães brancos, doces), dando preferências ao integrais, colocar frutas nos intervalos das refeições, consumir carnes magras, evitar frituras, consumir muitos legumes e verduras e beber muita. Desta forma você garante os nutrientes que seu corpo necessita, consegue aumentar a massa muscular, elimina as gordurinhas armazenadas e melhora seu desempenho esportivo!

Se você tem dificuldade em organizar sua alimentação procure um Nutricionista que irá prescrever um plano alimentar adequado ao seu dia-a-dia e treinamento.

 

SIMONE PROCÓPIO     Nutricionista – CRN9: 3525


 

Leia +
Café após almoço pode?
Copyright 2018 - Todos os Direitos Reservados
FacebookTwitter